CUIDANDO DE SEU FILHOTE

  Ao receber o novo membro da família várias dúvidas surgirão e muitos cuidados devem ser realizados, por isso a consulta ao veterinário é fundamental para que cresçam bonitos e saudáveis.

 
  É importante saber suas necessidades e quando ele chegar deixe-o explorar seu novo ambiente, ele geralmente leva de um a dois dias para se adaptar.
 
  Um filhote dorme muito, não devemos perturbá-lo ou pegá-lo demasiadamente, também não é preciso gritar, sua audição é muito boa. Fale seu nome claramente para atrair sua atenção e então dê uma ordem. 
 
  ALIMENTAÇÃO
 
  Ração de qualidade leva a nutrição exata e dispensa qualquer outro tipo de suplementação.
 
  Filhotes até 1 ano de idade: Dar ração de 3 a 4 x ao dia até o animal completar 1 ano de vida, respeitando um intervalo igual entre elas. A ração deve ser adequada para sua idade e tamanho quando adulto. Se tiverem dificuldade para mastigar basta misturar a ração com água morna. 
 
  Oferecer o alimento em horários pré determinados, deixando por 20 minutos e retirando após este tempo, mesmo que o animal não tenha comido.
 
  Água limpa, fresca deverá estar a disposição 24 horas, tendo o cuidado de trocá-la várias vezes.
 
  Não dar doces, massas, refrigerantes, embutidos, enlatados, defumados, temperos fortes, frituras, etc..
 
  SOL
 
  Deixá-lo tomar sol diariamente, sempre que possível.
 
  PASSEIOS
 
  Não passear com o animal antes da última vacina, mesmo no colo. No entanto após a liberação do veterinário, leve- o a caminhadas e passeios, vale lembrar que os cães são muito sociáveis, gostam de pessoas e de fazer exercícios, caso contrário ficam estressados. 
 
  MEDICAÇÕES
 
  Não automedicar o animal em hipótese alguma, CONSULTE SEMPRE SEU VETERINÁRIO.
 
  HIGIENE
 
  Dar banhos a partir dos 3 meses, com água quente e secando com secador, sendo no máximo 1 por semana.
 
  Cuidar dos dentes é essencial, não espere o hálito ficar ruim ou crescimento de tártaro para agir. Os dentes devem ser escovados regularmente. 
 
  ACIDENTES
 
  Lembre-se que todo filhote rói e come tudo que encontra, portanto cuidado com objetos esquecidos ao alcance do seu cão. Cuidado com: quedas, ingestão de corpos estranhos, queimadura, envenenamento, atropelamento, afogamento, choques, etc..
 
  VACINA
 
  Vacinar corretamente somente com supervisão e atendimento médico veterinário é um cuidado essencial ao seu animal. Não esqueça de exigir a carteira de vacinação com selo de autenticidade e assinatura com carimbo do médico veterinário e vacinas importadas de alta qualidade.
 
  Seguir o esquema vacinal orientado pelo seu veterinário.
 
  VERMIFUGAÇÃO
 
  Quando filhote e depois a cada 6 meses, conforme a receita de seu médico veterinário.