GRAVIDEZ PSICOLÓGICA (PSEUDOCIESE)



 

Também conhecida como pseudoprenhez ou pseudociese, esse fenômeno é um achado normal e não reconhecido como doença. A cadela apresenta os sinais, aproximadamente 30 a 60 dias após o cio, podendo ocorrer após o primeiro ou qualquer cio e tende a aparecer durante todos os cios subsequentes.
 
   A gravidez psicológica é observada em 50% das cadelas ao menos uma vez durante a vida útil do animal. A fêmea canina é considerada a primeira espécie de incidência de pseudociese. O problema ocorre devido à uma desordem hormonal, onde há um aumento do hormônio prolactina, que faz com hajam os sintomas deste fenômeno. 
 
  Uma cadela que apresenta pseudociese pode exibir um, ou até todos os seguintes sintomas: distensão abdominal, apatia, agitação, falta de apetite, ingurgitamento no útero, desenvolvimento das mamas com presença de leite, sinais comportamentais como: confecção de ninhos ou adoção de objetos inanimados, comportamentos maternais e nervosismo.
 
  O diagnóstico é feito com base nos achados históricos e no exame clínico. Como os sintomas são muito parecidos com os de uma gravidez normal, o diagnóstico só pode e deve ser feito pelo médico veterinário, pois somente ele estará apto para diferencia-las.
 
  O tratamento é simples e deve ser prescrito pelo médico veterinário de sua confiança. A cirurgia de castração não é indicada exclusivamente para esta função, mas se a mesma for praticada no período certo, pode ser resolutiva para o problema.
 
  Lembre-se que a gravidez psicológica não é doença, tem cura e pode ser controlada, por isso não sofra ou deixe seu animalzinho sofrendo.
 
Voltar