HEPATITE INFECCIOSA CANINA



 

  Hepatite infecciosa canina (HIC), é uma doença causada pelo adenovírus canino tipo 1, promovendo uma inflamação do fígado , principalmente em cães e raposas.
 
  O vírus é muito resistente e em lugares propícios pode viver de 15 semanas a 9 meses.
 
  A transmissão ocorre pelo contato com as secreções do animal contaminado, principalmente de boca e narinas. O animal, que estava doente e foi curado, pode transmitir a doença pela urina por um período de 6 a 9 meses.
 
  Os sintomas podem ocorrer por duas formas:
 
•Forma superaguda- onde os animais tornam-se moribundos e morrem em poucas horas sem sinais clínicos aparentes.
 
•Forma aguda- onde há uma febre de até 41°C que dura de 5-7 dias com subsequente alterações como: vômitos, diarréia, falta de apetite, desidratação, apatia. 
 
  Posteriormente são observados edemas generalizados, aumento dos gânglios e icterícia (coloração amarelada das mucosas e pele). Em poucos casos há complicações oculares e neurológicas.
 
  O diagnóstico é feito pelos sintomas clínicos, avaliações de bioquímicas sanguínea e em determinados casos através de isolamento viral.
 
  O tratamento é de suporte, sendo feito através de soroterapia e reposição de eletrólitos, o qual só deve ser feito e prescrito pelo seu Médico Veterinário.
 
  Devido ao uso disseminado de vacinas, a Hepatite Infecciosa Canina é considerada hoje uma doença rara, sendo observada quase que exclusivamente em cães não vacinados, por isso lembre-se a prevenção feita pelo uso de boas vacinas é o melhor remédio contra esta enfermidade.
 
Voltar