DEGENERAÇÃO ENDOTELIAL CORNEANA



Cão, srd, 5 anos, atendido com histórico de olho branco unilateral , no exame clínico foi evidenciado a degeneração endotelial cornena. Foi instaurado um tratamento de controle , uma vez que esta patologia não tem cura. No exame de retorno e reavaliações posteriores o animal se mostrava bem melhor, com aumento considerável da visão.

O tratamento é vitalício! 

Voltar